Dica de Leitura -A Mais Pura Verdade

DICA DE LEITURA DA SEMANA


a-mais-pura-verdade-frente_1

Mark é uma criança adorável: gosta de tirar fotos, escrever haicais e o seu maior sonho é escalar uma montanha. Mas Mark também tem um terrível "segredo": é a segunda vez que ele tem câncer, e todos sabemos o quanto isso é sério. O garotinho fica com tanta raiva por sua atual condição que resolve fugir de casa para escalar o Monte Rainier, e leva consigo apenas algum dinheiro, uma máquina fotográfica antiga, um caderno e seu companheiro para a vida inteira, um cachorrinho chamado Beau. 

A jornada do pequeno é bem árdua e conturbada. Ele passa fome, frio e alguns valentões batem nele para roubar todo o seu dinheiro (para mim, essa foi a parte mais sofrida). Apesar de ser incrível ler a aventura pelo ponto de vista de uma criança, fiquei extremamente agoniada com tudo. É claro que não queria que nada acontecesse com Mark e Beau, mas é claro que várias coisas terríveis acontecem. 

O mundo inteiro é uma tempestade, eu acho, e todos nós nos perdemos em algum momento. Vamos atrás de montanhas no meio das nuvens para que tudo pareça valer a pena, como se isso tivessa algum significado. E, às vezes, nós a encontramos. E seguimos em frente.

Além da visão do Mark sobre a história, temos a visão da Jessie, sua melhor amiga. Os capítulos são alternados entre os dois, mas enquanto Mark nos conta sua trajetória até o Monte Rainier, Jessie fala sobre o terror que ela e os pais do menino estão passando sem ele, a busca para encontrá-lo, a preocupação por causa do câncer e principalmente o medo de acontecer alguma coisa séria com ele. 

O fato de ser narrado por duas crianças e ter os capítulos bem curtos faz com que a escrita seja bem simples, o que torna a leitura extremamente rápida. Porém, justamente por ser contada por eles, achei a história um pouco exagerada. Acontecem tantas desgraças com Mark que fica difícil acreditar que ele conseguiria, junto com o cachorrinho, realizar o seu sonho. 

E por falar no Beau, que animalzinho mais carinhoso e fofo! Uma das coisas que mais gostei na história foi a lealdade dele, sem falar do afeto entre o cãozinho e o seu dono. É tanto amor envolvido que não considero o livro sobre a realização do sonho de uma criança com uma doença terminal, mas sim uma lição sobre companheirismo e amizade. O mais interessante é que isso não ocorre apenas entre Mark e Beau, mas com Jessie também, que é a melhor amiga de todos os tempos. Com certeza esse é o ponto alto de "A Mais Pura Verdade". 

A diagramação está incrível e o tamanho da fonte é super confortável. Apesar dos pontos negativos, o final é digno de uma grande obra, de tão lindo que é. É uma história carregada de emoções e pensamentos tão sinceros que é quase impossível não se sensibilizar, essa é a mais pura verdade. 

Crédito da Resenha por: Ana Clara – Roendo Livros

Url: http://www.roendolivros.com/2015/03/resenha-mais-pura-verdade.html 

 

Leia também  O ENCANTADOR DE FLECHAS

 

Previous Article

Publicidade