Outlook.com vai descontinuar chat do Facebook e do Google

A integração entre serviços de diferentes marcas tende a ser efémera e a apenas funcionar enquanto estas se conseguem relacionar de forma positiva.


A Microsoft introduziu no seu serviço de e-mail Outlook.com um conjunto de serviços adicionais, que traziam para esta plataforma uma integração com outras fontes. A sua intenção era manter os utilizadores nesse seu serviço de e-mail, dando-lhes tudo o que precisariam.

Mas agora a integração que existia com os serviços de chat externos vai ser terminada. Nas próximas semanas o chat do Facebook e da Google vão deixar de estar disponíveis.

 

imagem1

A novidade da remoção destes dois serviços de chat está sendo informada aos utilizadores do Outlook.com através de uma mensagem de e-mail.

Nessa mensagem a Microsoft anuncia e esclarece as razões porque vai remover do Outlook.com dos serviços de mensagens instantâneas externos e informa que apenas vai manter o Skype.

As razões apontadas para essa remoção não são totalmente fe responsabilidade da Microsoft, no caso da Google, surgem como resultado do abandono do protocolo de mensagens que esta empresa usava na plataforma Google Talk.

Algo que não é referido e que seria do interesse dos utilizadores é a razão pela qual as mensagens instantâneas do Facebook também serão removidas, mas a Microsoft escusou-se de revelar esta razão.

A mudança decorrerá nas próximas duas semanas.

 

outlook_2

Como dito, fica apenas o serviço de mensagens instantâneas da Microsoft, o Skype, que estará disponível no Outlook.com nos mesmos moldes que atualmente é disponibilizado.

Também na mensagem que está sendo enviada aos utilizadores é detalhado o processo que deve ser seguido para que este serviço possa ser altivado e utilizado.

Uma das melhores ferramentas que o Outlook.com tinha era agregar numa única interface todos estes diferentes serviços de mensagens instantâneas. A sua eliminação, por parte da Microsoft, certamente vai tirar muito o interesse de continuar a utilizar o Outlook.com.

Leia também  Project Titan - Google usará drones para servir como satélites remotos

Fonte de referencia:  PPLWare

 

Previous Article
Next Article

Publicidade